0

Reduzir custos no atacado: como os coletores de dados ajudam

Os coletores de dados, equipamentos que, como o próprio nome sugere, são utilizados para capturar e transmitir informações em um sistema específico, podem ajudar a reduzir custos no atacado.

Esses dispositivos estão no topo dos aparatos tecnológicos mais importantes para rotinas de controle de estoque, operação logística, controle de produção, entre outras atividades operacionais que, quando geridas de maneira estratégica, podem ajudar a transformar gastos em investimentos.

Para chancelar essa afirmação resolvemos, neste artigo, apontar alguns exemplos bem práticos.

Continue lendo para entender!

Como coletores de dados podem reduzir custos no atacado:

1. Mais produtividade dos funcionários

Assim como nos demais segmentos do mercado, o setor atacadista tem gastos elevados com folha de pagamento. Cada colaborador requer investimentos diversos que vão desde o salário em si até a tributação trabalhista, passando por treinamentos e capacitação etc.

E qual é a saída para transformar esses custos em investimento? A resposta também é única: elevar a produtividade.

Um profissional que produz mais e melhor é um profissional que — dizendo a grosso modo — “se paga”.

Neste sentido, bons coletores de dados podem ajudar.

Veja, ao invés de colocar vários profissionais em tarefas como inventário, controle de recebimento e saída de mercadoria, conferências etc. basta equipar alguns com coletores de dados. Todo o trabalho manual — que além de ser demorado é passível de erro e retrabalho — é feito em pouco tempo com um bom equipamento coletor de dados.

2. Menor necessidade de contratar mão de obra

Ainda pensando em reduzir gastos com funcionários, uma das grandes vantagens de se usar coletores de dados é que esses dispositivos podem colaborar para a redução das equipes.

Estima-se que um colaborador equipado com um bom coletor de dados consiga realizar o trabalho de três outros profissionais que atuam de forma manual. Já pensou no tamanho da economia que isso gera em um ano?

3. Mais agilidade no atendimento ao cliente

Outra maneira de reduzir gastos no atacado é atender mais clientes em menos tempo — mantendo/melhorando a qualidade, é claro.

Também nisso bons coletores de dados podem ajudar.

Pensemos no seguinte exemplo: um cliente faz um pedido urgente; ele quer ter a certeza de que receberá as mercadorias o quanto antes, do contrário vai preferir comprar de um concorrente que lhe ofereça essa facilidade. Se o trabalho for todo manual, o pessoal de expedição vai demorar bastante para separar os itens e enviá-los; se a equipe contar com bons coletores de dados, o trabalho vai ser bem mais rápido e os riscos de erros serão mitigados significativamente.

4. Otimização dos processos logísticos  

Por fim, mas não menos importante, a otimização dos processos logísticos pode reduzir custos operacionais. Quanto mais otimizadas estiverem as rotinas do pessoal de logística, menor será o tempo para a operacionalização do negócio, mais rapidamente a empresa vai faturar e, possivelmente, os clientes se sentirão mais satisfeitos e tenderão a fidelizar.

Com bons coletores de dados, o time de logística contará com a tecnologia ideal para o seu dia a dia laboral. A produtividade vai aumentar, os erros e retrabalhos vão diminuir consideravelmente, tudo será mais ágil, prático e eficiente.

Imagine que ao invés de criar estratégias de entrega em planilhas de Excel ou em papel, os profissionais responsáveis vão trabalhar diretamente no sistema de logística da empresa. E, se os dados coletados no armazém, por exemplo, estiverem 100% atualizados, pois foram captados e transmitidos automaticamente ao software pelos coletores de dados, as chances de ocorrerem erros que podem comprometer inclusive a saúde financeira da empresa reduzem muito.

Seu empreendimento atacadista já conta com bons coletores de dados na operação? O que você achou dessas provas de que esses equipamentos ajudam a reduzir custos?

Compex Tecnologia

São mais de 17 anos de mercado, levando tecnologia a todo Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *