0

Quais os principais desafios de realizar inventário em supermercados

 

Para a realização do inventário em supermercados é necessário um planejamento onde sejam definidas as ações, os participantes, os objetivos e de que forma será realizada a contagem e atualização das informações.

O inventário é uma tarefa que exige dedicação, paciência, organização e precisão.

Esse plano precisa ser claro e objetivo para que tudo ocorra de maneira tranquila, sem atropelos e o principal: que os objetivos sejam alcançados.

Afinal de contas, um inventário não é apenas uma contagem de estoque, mas também uma apuração das nomenclaturas, conferência de informações e localização de produtos que possam estar em locais inadequados.

Nesse post, vamos tratar do inventário realizado no supermercado e apresentar os principais desafios desta tarefa. Confira!

 

O que é e para que serve o inventário?

No mundo corporativo, o inventário é um documento que apresenta a listagem de todos os produtos que pertencem à empresa em determinado momento.

É um balanço real do que a empresa possui em termos de estoques.

Quando se passa nos corredores dos supermercados, é difícil ter uma ideia do valor e da quantidade de mercadorias que estão à disposição do consumidor final.

O inventário em supermercados disponibiliza essas informações, além de levantar os produtos que estão em estoque, conferência das quantidades e levantamento dos valores associados a todos os itens.

O objetivo é saber se os estoques contidos no sistema de gestão coincidem com o que realmente está disposto nas prateleiras, o que consequentemente também será comparado ao estoque fiscal.

Também é o momento para a averiguação do cadastro de mercadorias, onde são validados os dados dos produtos como: código, nome, marca, peso, quantidade e valor de venda.

 

Os desafios do inventário em supermercados

Fazer um inventário não é simplesmente sair contando os produtos e anotando em algum papel as quantidades verificadas.

Existem desafios que precisam ser estudados e vencidos para que o trabalho tenha êxito e possa, ao seu final, trazer informações relevantes para o supermercado, bem como corrigir  possíveis informações desatualizadas ou incorretas no sistema.

Vamos aos desafios:

 

Organização prévia para a realização do inventário

É necessária a definição das datas e horários onde o supermercado esteja sem quaisquer movimentações para a realização da contagem do estoque.

Portanto, sem clientes na loja e sem entrada ou saída de mercadorias no depósito.

Além da definição de quando ocorrerá o inventário, é necessário convocar os colaboradores que estarão a frente da operação e realizar um treinamento, demonstrando a metodologia que será aplicada, bem como a utilização das ferramentas de apoio.

 

Sistema de gestão à disposição para o inventário

O inventário em supermercados exige que o sistema de gestão esteja, durante os trabalhos de contagem, totalmente dedicado à manutenção de dados e que nenhum outro processo envolvendo as mercadorias possa ser realizado.

Portanto, é indispensável a presença de um técnico da área de TI para eventuais avarias nos equipamentos ou sistemas.

 

Organização das prateleiras e do ambiente

Também é indispensável que todas as prateleiras estejam com os produtos devidamente em seus locais, pois, não será possível a transferência ou movimentação das mercadorias durante o inventário.

Com todos os processos parados, faz-se a contagem do estoque e as atualizações das informações no sistema.

Somente após o término de todas as tarefas envolvendo o inventário, é que serão permitidas as operações cotidianas, como entrada de pedidos de compras, devoluções e movimentação de mercadorias.

Portanto, o trabalho pode iniciar-se a partir da saída do último cliente e tudo precisa estar contado e conferido até o horário de abertura da loja no dia seguinte.

 

Validação das informações da contagem

Toda a atenção é fundamental durante o processo e a utilização de equipamentos de apoio podem facilitar muito.

O ideal é que a contagem seja realizada com a utilização de leitores e coletores de dados, que devem estar integrados ao sistema, para a imediata correção dos possíveis erros.

 

Análise das informações e ajustes no processo

Muito mais do que corrigir dados, valores e quantidades nos sistemas de gestão, o inventário em supermercados deve servir para uma profunda análise e verificação de possíveis problemas que possam estar ocorrendo.

Prateleiras com um número excessivo de mercadorias que não giram, ou ainda a falta de produtos para vendas são sinônimos de prejuízo.

As diferenças encontradas nas quantidades levantadas na contagem e as que estão informadas no sistema, também são análises importantes que devem ser realizadas.

O inventário é uma excelente ferramenta para a correção de processos, bem como para uma avaliação da situação real do supermercado, portanto, precisa ser muito mais do que uma rotina contábil.

É, sem dúvida, um desafio, mas, se bem realizado colabora efetivamente na gestão, o que contribui positivamente para o resultado da empresa.

É importante poder contar com ferramentas de apoio na contagem de inventários em supermercados e a Compex oferece equipamentos de qualidade para a realização dessa importante tarefa.

Consulte nosso site e conheça as soluções que devem fazer parte do cotidiano de todo supermercado!

Compex Tecnologia

Compex Tecnologia

São mais de 17 anos de mercado, levando tecnologia a todo Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *