0

O que é e como utilizar o sistema push-back no armazenamento da empresa?

 

Utilizar o sistema push-back para as estruturas de armazenamento é uma interessante estratégia para a otimização de espaços e, por conta disso, resulta em uma logística mais eficiente.

Vale lembrar que uma das principais dificuldades dessa área está no armazenamento e na movimentação de mercadorias dos depósitos.

Os profissionais de logística buscam novas técnicas e modelos que possam colaborar na diminuição dos erros, bem como na melhoria do aproveitamento dos recursos e na rentabilidade e produtividade da equipe.

O push-back pode ser uma excelente alternativa para atingir esses objetivos na sua empresa.

Nesse artigo vamos apresentar a funcionalidade desse sistema e as vantagens que ele oferece para as empresas. Continue lendo e confira!

O que é sistema push-back?

Geralmente, o sistema push-back utiliza a metodologia LIFO (sigla para last in, first out – em inglês), que significa que a última mercadoria que é armazenada será a primeira a sair.

Essa metodologia, em regra geral, é utilizada em estoques de alta rotatividade e que não tenha produtos com curto prazo de validade.

O sistema push-back utiliza estantes de armazenamento paletizados com o objetivo de tornar a operação mais ágil.

O palete é armazenado de forma a empurrar o outro componente para o fundo, e assim sucessivamente, até completar o trilho daquele espaço.

Quanto um palete é retirado, os outros, de forma automática, vêm para frente e ficam à disposição para também serem movimentados.

Quais são os modelos de sistema push-back?

Existem dois modelos para o sistema push-back, onde o conceito de empurrar o palete e preencher o espaço são idênticos, no entanto, utilizando ferramentas diferenciadas.

Em ambos os casos, essa movimentação das mercadorias, para armazenagem e retirada, ocorre de forma simples, rápida e produtiva.

Esses modelos são:

Push-back com carrinhos

Nesse sistema push-back, os paletes são colocados sobre um conjunto de carrinhos que se deslocam para o fundo, na medida que sofrem o impulso.

Quando acontece a retirada de um palete, os outros se adiantam ficando disponíveis para o corredor.

Push-back com roletes

No sistema com roletes, os paletes deslizam sobre rolos.

Isso faz com que impulsionem outros paletes para a retaguarda. Quando retirados, os que estão no fundo se aproximam do corredor.

Quais são as vantagens do sistema push-back no armazenamento da empresa?

A facilidade dos processos de armazenagem chama a atenção de quem observa o funcionamento do sistema push-back.

Além disso, outros benefícios se destacam:

Maior usabilidade do espaço

O sistema push-back é compacto, otimizando os espaços em altura e profundidade.

Além disso, elimina corredores entre as estantes, contribuindo para melhorar a movimentação e o fluxo de empilhadeiras.

Processos mais ágeis

Em função da disponibilidade dos paletes próximos ao corredor, o armazenamento e retirada das mercadorias ocorre com maior rapidez.

Com isso, o tempo operacional de movimentação é reduzido e a eficiência dos operadores é acelerada.

Na retirada de um palete, o outro já se posiciona de forma automática para uma próxima movimentação.

Aplicável para diferentes demandas

O sistema push-back, por ocupar menor espaço no depósito, oferece muitas opções de armazenamento.

Por isso, vem sido procurado e utilizado por empresas dos mais diversos segmentos e com demandas específicas.

Exceção, como já mencionado, de produtos de baixo giro e com datas de validades curtas, o push-back é um sucesso na área logística, ganhando espaço, diminuindo tempo e garantindo qualidade às empresas.

Agora que você conhece mais sobre o sistema push-back, que tal inscrever-se no blog para receber mais artigos desse tipo?! Otimize a logística da sua empresa com as dicas da Compex!

Compex Tecnologia

Compex Tecnologia

São mais de 17 anos de mercado, levando tecnologia a todo Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *