0

Loja física adaptada: como a Bonobos mudou o conceito venda e entrega

A Bonobos criou uma loja física adaptada. Esse famoso e-commerce novaiorquino conseguiu manter-se competitivo unindo a experiência do cliente à tecnologia, revolucionando a maneira como o varejo vende e entrega.

Neste artigo, vamos apresentar em detalhes o que a companhia criou e como ela vem revolucionando o varejo. Continue lendo para conhecer esse exemplo de inovação e criatividade em vendas e entrega!

Quem é a Bonobos no mapa do varejo virtual

A Bonobos é um e-commerce de vestuário sediado em Nova York. Ela projeta e vende roupas masculinas, tendo como ênfase específica a comercialização de ternos, calças, peças em jeans, camisas, shorts, trajes de banho e acessórios.

A empresa foi fundada por Andy Dunn e Brian Spaly enquanto eles ainda eram alunos da Stanford Business School, em 2007.

Em 16 de junho de 2017, o Walmart adquiriu a Bonobos pelo expressivo valor de 310 milhões de dólares, tornando-a uma subsidiária de seu departamento de moda. Na época, a aquisição, que coincidiu com a aquisição da Whole Foods Market pela Amazon, fez com que as ações do Walmart caíssem 6%.

Por que a Bonobos criou uma loja física adaptada

Antes ainda de ser adquirida pelo Wallmart, a Bonobos chamou a atenção do mundo ao criar uma loja física adaptada, ou seja, um local onde seus clientes podiam experimentar as roupas antes de solicitá-las eletronicamente.

Por mais curioso que isso tenha sido na época, essa iniciativa foi realizada a pedido dos próprios consumidores. Não sem um período de testes, que se mostrou bastante viável e fez bastante sucesso.

Como funciona a loja física adaptada da Bonobos

O empreendimento, chamado de “Guideshop”, algo como “loja guia” em português, funciona assim: os clientes podem entrar e experimentar as roupas, mas não podem sair com nenhuma delas.

A loja física adaptada tem todos os tamanhos que os compradores possam desejar e também disponibiliza o serviço de “guias” (eles não são vendedores, ao menos não formalmente) que, além de tirar dúvidas, ajudam a clientela encontrar o ajuste certo.

Depois que o cliente experimenta, ele realiza seu pedido online e recebe as mercadorias em casa. Tudo conforme observado no Guideshop, sem surpresas. Isso ajudou a companhia a reduzir significativamente seus custos com devolução e também aumentou a satisfação dos clientes.

Aliás, se um comprador quiser devolver ou trocar algum item, ele pode ir à loja física adaptada. Isso, além de agilizar o atendimento, também reduz gastos com fretes, por exemplo.

No vídeo, a seguir, veja uma apresentação do Guideshop da Bonobos:

Por que a loja física adaptada da Bonobos é considerada uma revolução no varejo

Você deve estar se perguntando: mas, a ideia do e-commerce não é justamente a não necessidade de ir a uma loja física? Pois é, mas uma pesquisa da WD Partners revelou que 55% dos Millennials gostam de visitar um showroom. Esse é um sinal claro de que tocar e experimentar um produto antes de decidir pela compra são ações que não saem de moda.

Além disso, como não há estoque, o espaço da loja pode ser menor do que suas concorrentes que atuam da maneira tradicional, o que ajuda a economizar com aluguel e serviços públicos, entre outros custos logísticos e de armazém.

Como a tecnologia vem revolucionando o varejo (físico e virtual)

Talvez criar uma loja guia para o seu e-commerce não seja o que você está buscando. Talvez você não queira atuar no e-commerce. Agora, uma coisa é certa: você não quer perder a transformação digital pela qual o varejo mundial está passando.

A boa notícia é que a tecnologia digital está mais acessível, fácil de implementar e utilizar.

Confira, a seguir, quatro artigos que podem te inspirar a inovar no mercado varejista:

O que você achou da loja física adaptada da Bonobos? E o que tem feito para que o seu empreendimento seja mais inovador? Deixe-nos o seu comentário!

Compex Tecnologia

Compex Tecnologia

São mais de 17 anos de mercado, levando tecnologia a todo Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *