0

Logística inbound: o que é e como utilizá-la nos processos?

 

Você já ouviu falar sobre a logística inbound? Ela tem muita importância e é fundamental para o sucesso da operação.

Quando se fala em logística, muita gente liga o assunto à entrega de mercadorias aos clientes e nem sequer imagina que existe uma operação que precisa ser muito bem trabalhada para garantir os processos industriais e de reabastecimento.

Toda empresa, seja ela uma indústria, comércio ou uma prestadora de serviços, necessita de matéria-prima, insumos ou produtos acabados para poder desenvolver os seus negócios.

Se essa logística interna não funcionar, o chão de fábrica de uma indústria é obrigado a parar a produção, as empresas de serviços – pela ausência de insumos – não conseguem realizar os trabalhos contratados e as lojas não abrem suas portas por falta de mercadoria.

Portanto, a logística inbound, que trata desses processos internos, é fundamental para a operação de qualquer empresa, independentemente do tamanho e segmento em que atue.

Nesse artigo vamos apresentar em mais detalhes o que ela é e como utilizá-la nos processos. Continue lendo e confira!

O que é logística inbound?

A logística inbound envolve todos os procedimentos que dizem respeito ao fluxo de materiais e mercadorias que chegam em sua empresa.

Para as indústrias são as matérias-primas que serão utilizadas na fabricação de produtos, além dos insumos usados nos processos fabris.

Para as lojas, são as mercadorias que serão revendidas e têm sua origem nas fábricas.

Até mesmo as empresas de serviços possuem uma área de logística inbound, pois, necessitam de material adequado para realizarem suas tarefas junto aos clientes.

A logística inbound está envolvida, portanto, na negociação com os fornecedores, na definição dos processos de recebimento (quantidades e prazos) e no armazenamento adequado desse material.

Qual a diferença entre logística inbound e outbound?

Como já mencionado, a logística inbound trata de todos os processos da chegada de mercadorias, insumos e matéria-prima em sua empresa.

Já a logística outbound envolve os processos de saída dos produtos com destino aos clientes do seu empreendimento.

Os dois processos são fundamentais para o sucesso da operação, mas possuem características muito diferentes.

Como utilizá-la nos processos?

A logística inbound está envolvida em muitos processos da sua empresa e precisa de cuidados especiais para que atenda as necessidades do empreendimento a começar pelo controle de estoque e demanda da fábrica ou de produtos armazenados para serem disponibilizados nas lojas.

Nos dois casos, não pode ocorrer a falta dos produtos sob pena de inviabilizar a operação.

A logística inbound também é responsável pelo rastreamento e acompanhamento das mercadorias que estão sendo aguardadas pela empresa, afinal, é necessário ter um plano B caso algum problema impeça ou atrase a entrega.

Outro ponto de essencial importância é o recebimento, descarregamento e conferência dos produtos entregues, avaliando se as mercadorias conferem com os pedidos, se a documentação fiscal está de acordo com a legislação e com o pedido de compra.

Além da matéria-prima, os cuidados com as embalagens, que serão utilizadas nos produtos acabados também é fundamental para o sucesso da operação. Sem elas, não há como finalizar o processo de faturamento e remessa para os clientes.

Como pode se observar, são tarefas e ações que não podem falhar, podendo comprometer toda a operação do negócio.

A logística inbound existe em qualquer empresa, mesmo que não receba a devida atenção merecida.

Em muitos casos, ela só é lembrada quando o problema já está estabelecido.

Agora que você já sabe o que é e como utilizar a logística inbound, que tal ler nosso artigo sobre o que é intralogística e qual sua importância para os negócios?!

Compex Tecnologia

Compex Tecnologia

São mais de 17 anos de mercado, levando tecnologia a todo Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *