8

5 dúvidas frequentes sobre RFID

Acrônimo de Radio Frequency Identification, RFID é uma forma de comunicação sem fio que incorpora o uso de acoplamento eletromagnético ou eletrostático na porção de radiofrequência para identificar objetos, animais e até pessoas.

 

Esse é um termo que já entrou no senso comum e, portanto, nem sempre consegue ser definido com clareza. Sendo assim, ainda há muita gente com dúvidas sobre seu funcionamento, seus benefícios para os negócios etc.

É o que vamos responder neste artigo. Continue lendo para ver em detalhes quais são as dúvidas frequentes sobre RFID!

Dúvidas frequentes sobre RFID:

1. Tecnicamente falando, o que é e como funciona a RFID?

Identificação de radiofrequência (RFID) é o uso de ondas de rádio para ler e capturar informações armazenadas em uma etiqueta anexada a um objeto.

Um sistema RFID é composto de duas partes: uma tag ou rótulo e um leitor. Etiquetas RFID são incorporadas com um transmissor e um receptor. O componente RFID nas tags tem duas partes: um microchip que armazena e processa informações, e uma antena para receber e transmitir um sinal. A tag contém o número de série específico de um objeto específico.

Para ler as informações codificadas em uma etiqueta, um transmissor-receptor de rádio bidirecional, chamado interrogador ou leitor, emite um sinal para a tag usando uma antena. A tag responde com as informações escritas em seu banco de memória. O interrogador então transmitirá os resultados lidos para um programa de computador RFID.

Existem dois tipos de etiquetas RFID: passivas e alimentadas por bateria. Uma tag RFID passiva usará a energia das ondas de rádio do interrogador para transmitir suas informações armazenadas de volta ao interrogador. Já a alimentada por bateria é, como o próprio nome sugere, embutida com uma pequena bateria.

2. Para que serve a tecnologia RFID?

A tecnologia RFID está comercialmente disponível de uma forma ou de outra desde a década de 1970. Faz parte do nosso dia a dia e pode ser encontrada em chaves de automóveis, identificação de funcionários (crachás), etiquetas de pedágio, cartões de controle de acesso e segurança etc.

Na prática, estamos falando de uma tecnologia do tipo sensor. Assim, é possível, por exemplo, utilizar um coletor de dados para capturar informações em um equipamento que possui uma tag do tipo RFID. Neste caso, o equipamento transmite sinais que ativam o código contido na tag e essa, por sua vez, “responde” com sinais que se transformam em informações.

Em um ambiente de varejo, por exemplo, as etiquetas RFID podem ser anexadas a artigos de vestuário. Quando um profissional de inventário usa um leitor de RFID portátil para escanear uma prateleira de jeans, ele é capaz de diferenciar entre dois pares de jeans idênticos com base nas informações armazenadas na etiqueta RFID. Cada par terá seu próprio número de série.

3. Quais empresas utilizam RFID?

Embora o varejo venha sempre à mente quando queremos exemplificar o uso dessa tecnologia, a RFID é empregada nos mais diferentes segmentos de mercado.

Empresas distribuidoras que querem manter seus estoques sob controle sem elevar a complexidade e os custos da operação etiquetam mercadorias com sensores RFID. Assim, conseguem tornar o dia a dia de seus operadores muito mais prático.

Da mesma forma, quem atua com organização de eventos pode usar pulseiras com RFID para controlar a entrada e saída do público, os acessos a áreas VIP, camarotes etc. Usando um coletor de dados, o pessoal das portarias agiliza todo o processo com apenas um bip.

Também já há muitos hospitais empregando RFID, tanto na identificação de pacientes (bebês na maternidade, por exemplo) quanto no rastreamento e controle de equipamentos de alta sensibilidade — que são caros e requerem um grande cuidado logístico.

4. É muito caro utilizar RFID no seu negócio?

O investimento em soluções de RFID tem um bom custo-benefício quando são analisadas as simplificações que essa tecnologia pode trazer ao dia a dia dos negócios. Contar com coletores de dados e leitores capazes de captar e transmitir informações de etiquetas RFID, por exemplo, pode tornar a gestão de estoque, a segurança de mercadorias e lojas, entre outras aplicações, mais ágeis e simples.

Confira em nosso site os coletores de dados com RFID que podem simplificar o dia a dia do seu negócio — e veja que não é tão caro!

5. Quais são as vantagens de usar RFID na empresa?

Por fim, entre as dúvidas frequentes sobre RFID estão os benefícios que as empresas obtêm com essa tecnologia. Veja agora, em detalhes, quais são eles:

RFID simplifica os inventários

Como já sinalizamos, realizar inventários em lojas e armazéns nos quais as mercadorias são etiquetadas com RFID pode ser muito simples. Há coletores e leitores de dados que podem rastrear em poucos minutos todos os itens e fazer o levantamento com máxima assertividade.

Torna a rotulagem de produtos mais inteligente

Ao montar paletes mistos, por exemplo, a rotulagem inteligente de mercadorias com RFID permite a conferência sem necessidade de desmontagem do lote. Isso possibilita mais rapidez no processo e também garante a redução significativa de erros no lançamento de entradas no estoque.

Ajuda a reduzir as filas na loja

A tecnologia RFID também facilita a implementação da prática de “papa filas” em lojas. Ao invés de dirigir-se ao caixa para escanear item a item, o cliente pode passar por uma máquina que lê rapidamente as tags e imprime uma comanda para pagar. Isso pode reduzir as filas e melhorar a imagem do empreendimento.

Reduz custos operacionais

Todos os exemplos dados até aqui demonstram que é possível reduzir custos operacionais com a tecnologia RFID. Ao invés de montar uma equipe gigante na área de recebimento de mercadorias, no armazém e até na loja, é possível equipar um time reduzido para fazer um trabalho ainda mais ágil.

Como você viu, não é tão difícil entender a tecnologia RFID. Ela oferece muitas vantagens para as empresas, simplifica processos, reduz complexidades técnicas e até custos, o que pode elevar a lucratividade em curto, médio e longo prazo.

O que você achou das nossas explicações para as dúvidas frequentes sobre RFID? Fale conosco e veja como podemos ajudá-lo a implementar essa tecnologia na sua empresa!

Compex Tecnologia

Compex Tecnologia

São mais de 17 anos de mercado, levando tecnologia a todo Brasil.

8 Comments

  1. Boa noite gostaria de saber se há alguma empresa que trabalha com o RFID aqui em Pernambuco pois não se vê nenhum divulgação ou informações sobre empresa que utilizem esse sistema maravilhoso aqui em Pernambuco

  2. quanto custa em média para uma empresa de médio porte implementar a tecnologia RFID ? A empresa trabalha na area da indústria

    • Olá Petkovic,

      Vamos entrar em contato por e-mail para entendermos a sua necessidade.

      Abraços,

      Compex Tecnologia

    • Olá Luiza,

      Nós fornecemos apenas leitores e coletores de dados com a tecnologia RFID.

      Abraços,

      Compex Tecnologia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *