0

4 principais erros no controle de estoque

Os erros no controle de estoque são muito mais frequentes do que se imagina.

 

A falta de cuidado na recepção das mercadorias, o armazenamento sem critérios e a expedição sem uma metodologia adequada, podem causar grandes prejuízos ao empreendimento.

 

A organização e o controle são fundamentais para uma boa gestão de estoque e nesse post vamos apresentar os quatro principais erros que ocorrem com frequência e acabam, na maioria das vezes, passando despercebidos.

 

Continue lendo nosso artigo e saiba mais a respeito!

Por que controlar o estoque?

 

Independente do tamanho da empresa, ou do formato em que ela opera, a organização precisa existir, especialmente, o controle de estoque.

 

Além de uma obrigação legal, o controle do estoque garante agilidade na logística, compras bem realizadas, abastecimento correto, além de uma visão de qualidade e profissionalismo por parte dos clientes.

 

Uma organização precisa ter seus controles de forma detalhada e formalizada, evitando, dessa forma, desgastes desnecessários e discussões improdutivas.

 

Mas, mesmo quando se pensa que existem os controles, algumas armadilhas e erros no controle de estoque podem ser evitadas.

 

Vamos apresentar as 4 principais que muitas vezes não são perceptíveis:

 

1 – Falta de controle de entrada e saída de mercadorias

 

Muita empresas esquecem de controlar as entradas e saídas das mercadorias e um dos momentos mais propícios para enganos, e até furtos, está exatamente nesses dois processos.

 

É necessário criar uma metodologia de entrada, onde algum profissional faça a conferência e seja o responsável pela entrega do material ao encarregado da área de estoque.

 

Também é muito importante a conferência do material que será expedido aos clientes ou à área de produção.

 

Essa verificação deve ser realizada por profissional competente e de maneira formal, através de documento de liberação de carga.

 

O ideal é que essas conferências sejam realizadas por meio de equipamentos de leitura integrados ao sistema de gestão, proporcionando, no exato momento da liberação da mercadoria, a entrada ou baixa do estoque no sistema de gestão da empresa.

 

2 – Não realizar o inventário do estoque

 

Outro problema sério é não ter um cronograma para a contagem e a realização do inventário do estoque.

 

Não há outra maneira de fazer uma averiguação com relação aos dados do estoque no sistema de gestão e o estoque físico e de fato, se não for feita a sua contagem.

 

Além de perceber as discrepâncias com relação à contagem, o inventário é a maneira mais fácil e confiável para saber qual o capital investido em estoques na sua empresa.

 

A contagem de estoque regular desestimula possíveis desvios e furtos, bem como cria um sentimento de dever e compromisso com os responsáveis pela área.

 

3 – Excesso e falta de produtos no estoque

 

Quando o comprador não utiliza ferramentas de apoio à decisão e não possui informações que apontem a demanda e as vendas, bem como o tempo de giro do estoque, esse problema se torna muito comum.

 

Nesse caso, muitas vezes não há tempo para uma avaliação criteriosa do estoque in loco, então, o que conta é a experiência e uma rápida avaliação do comprador

 

A falta de um sistema que aponte estoques mínimos e um acompanhamento das vendas e solicitações do cliente, geram esse tipo de problema que, sem dúvida, além dos prejuízos, pode causar um descontentamento por parte do cliente e, consequentemente, a sua perda.

 

4 – Não utilização da tecnologia disponível

 

Outro sério problema e que causa grandes erros no controle de estoque é tentar controlá-lo de maneira manual, sem a utilização de ferramentas de apoio.

 

Além de caro, pois um funcionário precisa ficar inteiramente à disposição apenas para esse controle, as possibilidades de erros são enormes.

 

É indispensável a utilização de controles automatizados, através de equipamentos que permitam o controle, rastreamento e processos ágeis e precisos.

 

A contratação de um sistema de gestão, integrado às demais áreas da empresa facilita e profissionaliza essa importante área que é vital para o sucesso do empreendimento.

 

Como evitar esses erros?

 

Todos os principais erros no controle de estoque, normalmente, estão ligados a falta de processos e métodos adequados que podem ser supridos com o uso de tecnologia apropriada.

 

Não há mais espaço e como sobreviver no disputado mercado sem contar com ferramentas de apoio.

 

Sistemas, equipamentos, leitores e automação de processos são ferramentas necessárias para que um empreendimento tenha sucesso.

 

Para se alcançar resultados positivos são necessários precisão e acerto nas tomadas de decisões e isso só acontece se a informação for confiável.

 

A Compex colabora com o fornecimento de equipamentos voltados à área de controle de estoque, oferecendo ao mercado o que há de melhor em termos de coletores de dados, leitores e impressoras térmicas.

Equipamentos indispensáveis para a eliminação dos principais erros no controle de estoque de sua organização. Acesse nosso site e confira!

Compex Tecnologia

Compex Tecnologia

São mais de 17 anos de mercado, levando tecnologia a todo Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *